A IoT é uma das portas para todo um contexto de inovação na indústria e em diversos outros segmentos. Um bom planejamento pode ser a chave para o sucesso.

A Internet das Coisas vem transformando os negócios de várias empresas e os resultados são nítidos.

As ferramentas de IoT estão disponíveis e muitas empresas já embarcaram nessa transformação: são inúmeras as formas de aplicações e conexões. Certamente existe uma gama de oportunidades de transformar e alavancar o seu negócio.

Onde se aplica?

As inúmeras possibilidades de aplicação da IoT colocaram esse recurso no topo da transformação
digital dos negócios, podendo na prática ser aplicado a todo tipo de processo que seja criador de informação, desde que viável tecnicamente e a um investimento que tenha seu retorno mensurável.

Que tipo de dispositivo pode estar conectado no ecossistema IoT?

Motores, medidores de vazão, medidores de pressão, esteiras, prensas, empilhadeiras, câmaras frigoríficas, caminhões e automóveis, além de todo equipamento de comunicação, são exemplos que podem compor uma solução de IoT.

Principais benefícios:

  • • Maior velocidade e controle sobre processos;
  • • Maior acuracidade em aferições;
  • • Maior potencial e escala em atividades, antes manuais, na busca de informações;
  • • Antecipação de dados para tomada de decisão;
  • • Novas possibilidades de negócios e servitização;
  • • Aumentar a vida útil de parques fabris antigos;
  • • Possibilidade de evoluir para novos projetos de IoT, Machine Learning e Indústria 4.0.

Apenas o maquinário moderno pode se conectar?

Em muitos casos, uma gama relevante de máquinas, especialmente as mais antigas, não possuem toda a estrutura do ecossistema de IoT necessária. Ainda assim, por desempenharem bem suas funções, não existe previsão de troca dessas máquinas. Nesses casos, é possível trabalharmos com a aplicação de sensores, a partir dos quais podemos obter informações voltadas à produtividade, capacidade, ou mesmo à manutenção, dispensando a necessidade imediata de troca.

Como dar o primeiro passo?

Através da implantação da metodologia com a qual trabalhamos, buscamos uma solução enxuta e suficiente para evidenciar o valor do projeto em termos de ganhos, focando em um produto com o mínimo de recursos possíveis e que mantenha sua função de solução ao problema para o qual foi criado.