Trazer para o mundo real objetos virtuais tem se tornado cada vez mais uma tendência em diversas áreas, como por exemplo: marketing, educação, arquitetura, entretenimento, medicina, indústria, cultura, entre outras.

Foco na experiência do usuário, seja para fins lúdicos ou laborais.

A Realidade Aumentada, muda drasticamente a forma com que o usuário interage com as informações digitais e o seu ambiente em tempo real.

Breve introdução sobre a Realidade Aumentada

A Realidade Aumentada é a inserção de gráficos, sons e feedbacks no nosso mundo, para criar uma experiência de uso aprimorada e comumente viabilizada através de um dispositivo móvel.

Qual a diferença de Realidade Aumentada e Realidade Virtual?

A Realidade virtual é a interação com um ambiente totalmente digital, criado por computador, já a Realidade Aumentada utiliza um ambiente real, e insere informações virtuais nele.

Como funciona a Realidade Aumentada?

A experiência é realizada através de uma câmera e sensores de movimento (giroscópio ou acelerômetro) que normalmente estão presentes na maioria dos smartphones.

A experiência é impactante, pois há uma integração de sensações imersivas que são percebidas como partes naturais de um ambiente com destaque para a captação da atenção das pessoas.

Onde aplicar?

Para as experiências de Realidade Aumentada, a maior oportunidade comercial esteja justamente no fato de podemos avaliar produtos como se eles estivessem na nossa frente, mas as aplicações são infinitas, estamos falando desde atividades de entretenimento, até instruções complexas sobre como realizar um procedimento cirúrgico de alto risco.

Cada dia novas experiências surgem, estes são alguns exemplos de aplicações: Na literatura, arqueologia, arquitetura, arte virtual, comercio, educação, gestão de emergências, resgates, interação social, vídeo games, decoração, design industrial, área médica, imersão espacial, treino de voo, militarismo, navegação, espaços de trabalho, turismo, vendas, entre outros.

Alguns ganhos com o uso de uma experiência em Realidade Aumentada:

  • • Maior absorção do conteúdo;
  • • Valorização dos detalhes do objeto;
  • • Aumento da interatividade;
  • • Aumento de interesse;
  • • Mobilidade;
  • • Criação e geração de valor de marca;
  • • Expansão da informação.